Animais

Trabalho no Labrador Retriever

Pin
Send
Share
Send
Send


Ter uma mulher grávida em casa é um evento emocionante. Embora a gravidez e o parto sejam fatos naturais e não patológicos, é importante ter controle veterinário durante a gravidez para garantir que tudo evolua como deveria e saber que podemos contar com o veterinário se algo estiver complicado no parto. Sua presença não é necessária se tudo der certo, mas uma entrega é algo longo e imprevisível. Você pode dar à luz 7 filhotes com facilidade>

A gestação de um labrador retriever dura em média 63 dias, mas depende em parte do número de filhotes. Se a ninhada é muito numerosa (algo muito comum nesta raça), a gravidez pode ser mais curta. Se os 68 dias forem excedidos, isso poderá se tornar um problema, por isso é importante esclarecer a data da viagem.

Notaremos que um dia antes do parto, ou algumas horas antes, o cão procurará aninhar. Devemos ir em frente e preparar um local muito calmo, com temperatura constante e boa, para que o cachorro tenha seus filhotes e possa cuidar deles nas primeiras semanas de vida. Essa parte precisa atender a alguns requisitos especiais. O piso deve ser de um material absorvente, que isole bem o frio e possa ser renovado diariamente. O papelão é o material ideal e podemos complementá-lo com jornais ou roupas velhas. Devemos delimitar as bordas para que o cão possa entrar e sair sem problemas, mas os filhotes não. Lembre-se de que eles se movem um pouco e podem se afastar e morrer de frio.

Oferecemos água para o cachorro, mas ela não quer comer. As contrações farão parecer os lados do seu abdômen. Um líquido sairá da vulva quando o trabalho de parto começar. Os filhotes nascem com uma frequência variável. Entre eles estão os anexos, que são como membranas que o cão ingerirá. Ela sabe o que fazer com o fio e como limpá-los. Não devemos intervir, apenas observamos em silêncio. Há cadelas que preferem ficar sozinhas e outras que não querem que o dono se afaste. No primeiro caso, observaremos à distância, sem perturbar, mas não a deixamos completamente em paz.

Claro, se um filhote tiver dificuldades, se quisermos, ou se o cachorro não parecer bom. Quando se passaram mais de duas horas desde o último filhote e sentimos que ainda há nascer (ou o conhecemos por ultrassom), é hora do veterinário chegar. O mesmo no final do trabalho de parto, é ideal ter um pequeno controle.

Não se assuste se o cachorro vomitar durante o parto, por isso não é uma boa ideia dar-lhe comida sólida. No entanto, depois de terminar o parto, você vai querer comer, se não estiver muito exausto. As semanas seguintes serão muito trabalhosas para ela, de modo que a alimentação especial é muito importante, como durante a gravidez.

Não é uma boa idéia tocar muito em filhotes pequenos, não importa quão quieta a mãe esteja. Só o faremos em caso de necessidade, e não nas primeiras horas ou mesmo dias. Para ela, é importante cuidar dos filhotes e não é bom intervir.

Se há crianças em casa e achamos que é uma boa ideia testemunhar o nascimento, temos duas opções. É melhor filmar e nós mostramos para você. A outra opção é que eles estejam presentes, mas com a promessa de não emitir sons, algo muito difícil para um pequeno entusiasta. Mas se os pequeninos são realmente pequenos, devemos ter muito cuidado com os filhotes e a mãe nas semanas seguintes, para evitar problemas nas duas direções.

Devemos cuidar muito da higiene do paridero. Os materiais são renovados com frequência e deve ser feita uma limpeza completa, cuidando para que os filhotes estejam sempre em temperatura adequada e constante.

Pin
Send
Share
Send
Send