Animais

Remédios caseiros para dermatite em cães

Pin
Send
Share
Send
Send


Dermatite atópica em cães é mais comum do que você imagina, e é uma condição bastante irritante. Se o seu cão foi diagnosticado ou se você acha que ele pode tê-lo, É muito importante seguir o tratamento farmacológico recomendado pelo veterinário. Como complemento e para que seu cão se sinta melhor, você pode experimentar estes remédios caseiros para dermatite atópica. Não o perca!

Farinha de aveia como remédio caseiro para dermatite atópica canina

A aveia é conhecida por ser um anti-inflamatório natural muito eficaz e anti-inflamatório calmante. Um banho de aveia pode ajudar a aliviar a coceira e outros desconfortos da dermatite atópica do seu cão. Para preparar este banho de aveia, você precisa:

  • 1 xícara de bicarbonato de sódio
  • 2 xícaras de aveia
  • 3 xícaras de água

Com essas quantidades, você terá o suficiente preparado para um cão de tamanho médio, Se o seu for pequeno ou grande, você pode adaptar as proporções.

Como prepará-lo? Você só precisa esmagar os flocos de aveia até obter um pó fino e homogêneo e misturá-lo com o restante dos ingredientes para formar uma pasta. Agora molhe seu cão com água morna (evite quente, pois agrava a irritação) e use a preparação de aveia como se fosse shampoo, aplicando-a e esfregando bem os cabelos e a pele. Deixe agir por 15 minutos para acalmar a coceira e depois enxágue bem.

A irritação, secura e coceira melhorarão consideravelmente se você banhar seu cão com aveia duas vezes por semana.

Trate a dermatite canina com tomilho

O tomilho é um excelente anti-séptico, então A infusão de tomilho ajuda a aliviar os sintomas da dermatite atópica em cães.

Você só precisa ferver um pouco de tomilho em um litro de água por 10 minutos e depois deixar a infusão esfriar e coar. A água resultante usa-a para aplicar diretamente no cabelo e na pele do seu cão, sempre após o banho, com cabelos limpos e úmidos.

Com algumas ou três aplicações por semana, você aliviará muito os sintomas da dermatite, especialmente coceira e vermelhidão.

Tratamento de óleo essencial de lavanda

O óleo essencial de lavanda é um poderoso anti-inflamatório e anti-séptico natural, além de ser realmente hidratante. Como preparar o tratamento para o seu cão? Você só precisa derramar algumas gotas de óleo essencial de lavanda (quanto mais puro, melhor) em algumas colheres de sopa de óleo vegetal e esquentá-lo. Quando esfriar, aplique nas raízes do cabelo do seu cão, enfatizando as áreas mais afetadas pela dermatite. Deixe agir por algumas horas e depois banhe seu cão com sabão neutro.

Como mencionamos anteriormente, esses remédios caseiros para dermatite atópica não substituem os tratamentos farmacológicos. Lembre-se de sempre seguir as instruções do seu veterinário. Porém, Eles podem ser um suporte que ajuda seu cão a melhorar mais rapidamente. Pergunte ao seu veterinário qual remédio caseiro é melhor para o seu animal de estimação!

Recomendações antes de aplicar remédios para dermatites em cães

Antes de mencionar os remédios naturais mais eficazes, devemos destacar a importância de vá ao veterinário para confirmar que o animal sofre de dermatite, determine que tipo e estabeleça um tratamento. Além disso, os produtos que compartilhamos são excelentes remédios que aliviam consideravelmente os sintomas mais comuns da dermatite, como prurido, irritação ou possíveis feridas.

Para conhecer os tipos de dermatite em cães e descobrir qual o seu amigo peludo sofre, consulte nosso artigo. Da mesma forma, o principais sintomas A maioria das dermatites inclui o seguinte:

  • Prurido e arranhões excessivos que podem levar o animal a morder.
  • Feridas e crostas na pele por arranhões.
  • Pele vermelha e irritada.
  • Áreas sem pêlos
  • Inflamação da pele
  • Nos casos mais graves, úlceras.

Uma vez confirmado que o animal sofre de dermatite, recomendamos ter em mente o seguinte medidas:

  • Use luvas aplicar qualquer produto, especialmente se houver feridas, pois elas podem ser infectadas.
  • Use nova gaze estérils para cada aplicação.
  • Manter a higiene adequada da casa e os utensílios que iremos usar.
  • Tente encontrar o alérgeno que produz a reação alérgica para evitá-lo.

Como as dermatites atópicas, seborreicas e de contato são as mais comuns, os remédios são projetados para tratar especialmente esses tipos; no entanto, em cada um deles, explicamos as propriedades e usos, para que possam ser aplicados em outros casos. .

Óleo de amêndoas

Um dos óleos naturais mais eficazes para curar a dermatite em cães é o das amêndoas, graças à sua propriedades anti-inflamatórias e curativas. Dessa forma, é especialmente indicado para tratar todos os tipos de problemas de pele, como eczema ou irritação causada por dermatite atópica ou feridas causadas por arranhões excessivos. Para usar esse remédio, devemos simplesmente umedecer uma gaze estéril com o óleo e esfregar suavemente a área afetada, impedindo que o cão lamba depois.

Óleo de borragem

Esta planta medicinal é dermoprotetor, portanto, seu uso externo por meio da versão oleosa ou do cataplasma com as folhas ajuda a reduzir o prurido e a inflamação e a aliviar os sintomas gerais da dermatite atópica. Simplesmente aplique o óleo nas partes danificadas com gaze e deixe por 5-10 minutos.

O óleo é obtido em fitoterápicos ou em lojas especializadas em produtos naturais, mas se você não o encontrar, lembre-se da opção de cataplasma. Para fazer isso, basta cortar e ferver um punhado de folhas, deixe aquecer e aplique a solução por 5 minutos.

Óleo de limão

O limão é uma fruta realmente incrível por causa da quantidade de benefícios que ela traz. Independentemente do seu valor nutricional, caracterizado pelo grande número de vitaminas, destaca-se pelo seu antioxidante, purificador, carminativo, digestivo e pelas propriedades que realmente nos interessam, por ser anti-séptico, antibacteriano, analgésico, cicatrizante e hidratante. O que mais podemos pedir? O limão é o remédio caseiro para a dermatite atópica em cães quase perfeita. E por que dizemos "quase"? Porque seu cheiro intenso faz parte da lista de odores que os cães odeiam. Por esse motivo, recomendamos alternar esse remédio com outro menos "irritante".

Existem várias maneiras de usar o limão como remédio que alivia a dermite, mas no óleo é uma das mais eficazes. Se não conseguirmos óleo de limão, podemos prepare em casa fazendo uma infusão com a casca. Então, é tão simples quanto remover a casca, colocando-a em um saco plástico com azeite de oliva fechado pela metade, fechando a bolsa e aquecendo o banho de água por duas horas em fogo baixo. Após esse período, deixe descansar e o óleo é usado para massagear as áreas afetadas.

Para melhorar seus efeitos dermoprotetores e curativos, podemos adicionar uma gota de óleo de tea tree Óleo de limão Nesse caso, é muito importante monitorar o animal para que ele não lamba a solução. Por outro lado, o infusão de limão Também é aconselhável lavar as partes da pele danificadas.

Óleo de alecrim

O mesmo acontece com o alecrim e com o limão, existem tantas de suas propriedades e benefícios, bem como suas formas de uso, que podemos usá-lo para inúmeras doenças. Se cozinharmos para os nossos cães e preparar uma dieta caseira e natural, o alecrim é um dos temperos mais recomendados para apimentar as receitas, então comece a usá-lo!

O alecrim é um excelente tônico natural para a pele, possui propriedades anti-inflamatórias, anti-sépticas e dermoprotetoras, tornou-se popular como um dos remédios caseiros mais eficazes para dermatites em cães e humanos. Em geral, o óleo de alecrim é usado para realizar massagens em áreas danificadas, a fim de aliviar a coceira e reduzir a inflamação, mas a verdade é que também podemos usar a infusão de alecrim para lavar e até preparar outras pessoas. remédios Para dermatites seborreicas caninas e atópicas, recomenda-se misturar o óleo de alecrim com outros óleos, como óleo de amêndoa ou mesmo azeite, pois isso permite que a pele se regenere e se hidrate muito melhor.

Óleo de côco

Embora o óleo de coco tenha ganhado popularidade especial no setor de cosméticos, a verdade é que seus usos vão muito além, pois podemos usá-lo para cozinhar e desenvolver remédios naturais contra várias doenças. Entre eles, existem problemas de pele, como dermatite, sarna, micose, irritações, pele seca ou infecções. Dessa forma, podemos aplicar o óleo de coco diretamente na pele danificada do animal e deixá-lo agir, pois possui propriedades anti-sépticas, hidratantes, calmantes e antibacterianas.

Os óleos naturais podem ser misturados para tratar a dermatite em cães?

Obviamente, todos os óleos naturais podem ser misturados, desde que não sejam óleos essenciais, mas naturais e vegetais, pois devemos ter em mente que os naturais são muito mais hidratantes, calmantes e regeneradores, além de nada prejudiciais em caso de ingestão por lamber. Os óleos essenciais, se ingeridos, são tóxicos, e é por isso que incentivamos você a preparar os óleos em casa o tempo todo.

Farinha de aveia para dermatite em cães: propriedades e usos

Oatmeal é um cereal altamente benéfico para a saúde geral de cães e humanos por seu alto valor nutricional e propriedades medicinais potentes. Assim, é rico em vitaminas, sais minerais como cálcio, fósforo, potássio e magnésio, carboidratos e fibras, principalmente. Por tudo isso, incluí-lo na dieta do seu cão trará grandes benefícios, e uma maneira muito simples de fazer isso é preparar biscoitos simples como estes: "Biscoitos de aveia e mel para cães".

Com foco no tratamento natural da dermatite em cães, a aveia é anti-inflamatória, emoliente, sedativa e remineralizante, por isso é indicada aliviar a coceira e reduzir a inflamação. Para conseguir isso, é recomendável optar pela farinha de aveia, que pode ser preparada em casa esmagando finamente os flocos de aveia. Uma vez alcançado, você pode preparar uma máscara natural misturando duas colheres de sopa de farinha com duas colheres de sopa de infusão de maçã e uma colher de chá de mel. Camomila e mel são curativos e calmantes, e é por isso que seu uso é recomendado para esses casos. Em seguida, aplique uma camada generosa nas áreas afetadas e deixe por 15 a 20 minutos. A solução será removida com um pano umedecido em água morna ou infusão de camomila.

Banho de aveia para dermatite atópica em cães

Outra maneira muito eficaz de usar aveia para aliviar a coceira e a irritação é tomar um banho com ela. Como Muito simples, adicionando uma xícara de aveia na banheira Encha até a metade com água morna e misture bem. Uma vez dissolvido, o cão é apresentado com muito cuidado, acariciando-o o tempo todo para evitar o estresse, acalmando-o e, se necessário, recompensando-o com seus deleites favoritos. O que queremos alcançar é que o animal possa durar o maior tempo possível no banho, para que possamos molhá-lo com a solução e aplicar massagens suaves nas partes afetadas.

Em seguida, enxaguaremos bem o cachorro e secá-lo, evitando o secador.

Aloe Vera para dermatite em cães

Aloe Vera é um dos remédios mais utilizados na medicina natural por seus resultados incríveis e baixo custo. Enfocando a questão em questão, enfatizamos que sua aplicação tópica não é tóxica ou prejudicial aos cães; pelo contrário, é altamente benéfica para tratar problemas de dermatite e outras reações alérgicas graças às suas propriedades hidratantes, tonificantes, curativas, desinfetantes, anti-inflamatórias e antifúngicas. Obviamente, é essencial impedir que o animal a ingira, pois isso pode causar distúrbios digestivos.

A melhor maneira de usar aloe vera para dermatite em cães é extraindo a polpa localizado dentro da folha e aplicando-o diretamente sobre a pele, exercitando uma massagem suave, duas vezes por semana.

Cinco quadros

Também conhecida como coxa de frango ou pé de Cristo, esta planta pode ser aplicada topicamente em áreas afetadas por dermatites, irritadas ou com feridas devido a arranhões por óleo. É cicatrizante e anti-inflamatório, portanto, se não encontrarmos o óleo, podemos usar a raiz, fervendo 30 gramas em um litro de água por 10 a 15 minutos. Quando a preparação estiver quente, é usada para fazer banhos.

Eupatorio ou Canabina

O uso mais difundido desta planta é o purgativo, para purificar e desintoxicar o corpo. No entanto, também é conhecido por sua propriedades curativas, anti-sépticas e antibióticas, por isso é utilizado desde tempos imemoriais no tratamento natural de problemas de pele, como infecções, herpes ou dermatite. Dessa forma, podemos preparar uma infusão simples, fervendo um punhado de folhas em um litro de água e lavando as áreas afetadas com a solução uma vez aquecida.

Este remédio caseiro para dermatite em cães é especialmente indicado nos casos em que o quadro clínico foi complicado pela presença de bactérias oportunistas.

Este produto natural não é apenas útil para ser combinado com outros remédios mencionados aqui, mas também é um poderoso cura, hidratação e hidratação por si só. Dessa forma, podemos aplicar uma camada de mel sobre a pele e deixá-la agir, impedindo que o animal a ingira.

Manteiga de Karité

Um dos melhores remédios para dermatite atópica em cães e seborreico para seus propriedades nutritivas, hidratantes e regeneradoras. Uma camada generosa deve ser aplicada sobre a pele e permitir que tudo o que o cão suporte atue.

Este artigo é meramente informativo, no ExpertAnimal.com não temos poder para prescrever tratamentos veterinários ou fazer qualquer tipo de diagnóstico. Convidamos você a levar seu animal de estimação ao veterinário, caso ele apresente algum tipo de condição ou desconforto.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes a Remédios caseiros para dermatite em cãesRecomendamos que você entre na seção Remédios caseiros.

Os pratos de comida de plástico.

Se os pontos onde nosso animal de estimação tem o alergia estão ao redor do rosto, isso pode significar que recipientes de plástico Para os alimentos, eles são a causa. Descarte seu recipientes de plástico.

Isso ocorre porque o plástico tende a desenvolver pequenas rachaduras que podem abrigar bactérias, que causam reações em cachorros e gatos sensíveis. Animais de estimação sensíveis a estes alérgenos bacterianos pode desenvolver acne felina ou um erupção cutânea ou espinhas ao redor do lábios e a queixo, às vezes até ao redor olhos e ouvidos.

A melhor opção é substituir o plástico por bacias de aço inoxidávelde vidro ou de cerâmica e mantenha-o sempre limpo, lavando-o na lava-louças semanalmente.

O uso de óleos na dieta e na pele.

Nós devemos ter muito cuidado ao tentar usar óleos Com nossos animais de estimação, muitos de nós pensam que podemos ajudar, mas podemos piorar as coisas desde que a pele do nosso animal de estimação é totalmente diferente da nossa.

Ele óleo de tea tree causar alergias de contato desagradável em animais de estimação, incluindo reações neles neurológico. Nem nós podemos usar medicamentos para acne humana. A pele humana é muito mais ácida que a pele de nosso cão, e o uso de qualquer produto para nossa pele ou cabelo pode causar irritação.

O óleos complementares Eles podem ajudar a tratar a pele seca e a caspa que nosso animal de estimação gera, como óleo de milho, cártamo, amendoim e girassol, esses óleos possuem todos os ácidos graxos essenciais para ajudá-lo. Também dependendo do tamanho, você pode receber até 3 colheres de chá em cada refeição.

Os remédios naturais para alergias incluem Sais de Epsom, as propriedades curativas desse sal são conhecidas há gerações. Mergulhe suavemente qualquer área da pele infectada com sais de Epsom, incluindo pés, acne felina e outros, uma ou duas vezes por dia, desencoraja infecçõesnós reduzirá o inchaço e promover a cura.

Também devemos levar em consideração:

  • Use farinha de aveia para acalmar a pele. Com isso, podemos ajudar nosso cão, basta mergulhá-lo e deixá-lo na pele por 10 minutos.
  • Limpe a parte que incomoda nosso cão com uma lenços umedecidos.
  • Nós misturamos listerina, óleo de bebê e água e colocamos em spray, massageamos com a pele três vezes ao dia.
  • Substitua o guloseimas para cães por marshmallows, se seu cão estiver alérgico a alimentos Isso irá ajudá-lo, uma vez que eles são baixos em calorias.

Se o que acontece com o seu cão é que ele tem pulgas, você pode estar interessado neste artigo sobre como tratá-lo.

Escrevendo seus animais de estimação / [email protected] 26/09/2014 | 11: 17 a.m.

Aveia e outros produtos são boas alternativas contra essa coceira, coceira e arranhões entre os nossos animais de estimação.

Isso já aconteceu com todos nós. Estamos desesperados, vendo nossos animais de estimação chafurdando, coçando e lambendo constantemente devido a intensos ataques de coceira e alergia. No entanto, banhámo-los com xampus especiais, alimentá-los com alimentos hipoalergênicos e, apesar de todos os nossos esforços, nossos animais literalmente arrancam os cabelos na tentativa de remover essa coceira constante.

A boa notícia é que não estamos sozinhos. A má notícia é que os ataques de dermatite atópica - comichão na pele que não sabe exatamente a que se deve - são os nossos animais de estimação, como quem diz "a ordem do dia".

Além disso, como muitos dos animais sofrem dessas alergias até anos, seus responsáveis ​​se preocupam - com razão - com o fato de estarem sendo tratados com medicamentos convencionais por anos e anos. Portanto, mais e mais pessoas procuram complementar a medicina tradicional com a medicina alternativa.

A dermatite atópica é mais comum em cães do que em gatos. É uma condição em que a pele do cão sofre de coceira intensa e constante, que pode resultar em ferimentos graves se o animal coçar incessantemente. Geralmente, a condição é resultado da hipersensibilidade a certos alimentos ou a alérgenos ambientais, como pólen, fungos, ácaros e picadas de insetos.

Uma das causas da dermatite atópica é que, por várias razões que nem sempre são totalmente conhecidas, a pele deixa de funcionar como uma barreira protetora contra alérgenos. Isso ocorre quando as camadas superiores da pele - cães, gatos e humanos, entre outros animais - sofrem uma perda das proteínas que compõem sua estrutura e que desempenham um papel importante no desenvolvimento de vários tipos de doenças da pele.

Entre os vários tratamentos prescritos estão vários anti-histamínicos, anti-inflamatórios (como corticosteróides), fungicidas (para combater fungos) e, em casos mais graves, antibióticos para tratar lesões infectadas.

Juntamente com os tratamentos convencionais, muitos recorrem à medicina holística como complemento a tratamentos rigorosos.

A medicina holística é chamada de conjunto de disciplinas que procuram tratar, não apenas a parte do corpo que está doente, mas o organismo como um todo - corpo físico e humor - com uma combinação de terapias milenares modernas e tradicionais tradicionais, com vista a , não apenas para curar, mas para prevenir doenças.

Entre os muitos recursos disponíveis estão os ácidos graxos poliinsaturados, como os ácidos graxos ômega-3 e ômega-6, que ajudam a restaurar com precisão a barreira da epiderme, porque eles têm a capacidade de alterar a composição lipídica da pele. Além disso, foi descoberto que eles também têm propriedades anti-inflamatórias e efeitos imunomoduladores.

Um estudo recente - realizado em Munique, Alemanha - avaliou o uso conjunto de óleos graxos poliinsaturados com a aplicação tópica de óleos essenciais em pacientes caninos com dermatite atópica.

Ao longo de oito semanas, dos 48 cães do estudo, um grupo recebeu uma aplicação tópica de óleos graxos poliinsaturados - ômega-3 e ômega-6- em combinação com uma mistura de óleos essenciais de nim, extrato de alecrim, óleo de lavanda , óleo de cravo, óleo de melaleuca (óleo de tea tree), extrato de orégano, extrato de hortelã e extrato de casca de cedro. O outro grupo recebeu um placebo, mas também recebeu a mesma combinação de óleos essenciais.

Após oito semanas, os guardiões dos cães entregaram um relatório contando suas impressões sobre a intensidade de alergias e coceira, bem como a frequência com que seus animais de estimação se coçavam.

O resultado foi que os animais tratados com a combinação de óleos graxos poliinsaturados e óleos essenciais apresentaram uma melhora de até 50%. Além disso, em nenhum caso houve reações adversas de qualquer tipo.

É um tratamento, não uma solução

É importante observar que, embora as melhorias tenham sido notadas, em nenhum caso o problema foi resolvido completamente e para sempre. Porém, deve-se lembrar que, por definição, a dermatite atópica é chamada assim porque não está ligada a uma causa específica. No entanto, ficou provado que, embora os tratamentos - como o mencionado acima - sejam menos eficazes do que medicamentos como glicocorticóides (cortisona) e ciclosporina (medicamento imunossupressor), eles ainda representam uma alternativa segura e eficaz como terapia adjuvante sem efeitos prejudiciais ou Curto ou longo prazo.

Por outro lado, deve-se mencionar que os glicocorticóides e a ciclosporina são drogas potentes projetadas para suprimir o sistema imunológico e que, normalmente, o alívio que eles proporcionam dura apenas enquanto o medicamento estiver sendo administrado. Em outras palavras, quando eles param de ser usados, os mesmos sintomas - ou mesmo novos sintomas - podem reaparecer.

Além disso, ambos os medicamentos podem ter efeitos colaterais notáveis, como: aumento acentuado da fome e sede, aumento da necessidade de urinar, letargia, inquietação, confusão mental, problemas gastrointestinais (incluindo úlceras), perda de cabelo, ganho de peso, aumento de Circunferência da barriga (que pode ser um sinal da doença de Cushing), coágulos, diabetes, pancreatite e infecções secundárias.

E o mínimo que o tutor de um animal de estimação quer é causar outros sintomas ao animal, enquanto ele tenta remediar a coceira constante!

A primeira prioridade deve sempre ser esgotar todos os recursos para descobrir o que está causando a alergia em animais de estimação. Uma vez descartada qualquer possibilidade de uma condição perigosa, deve-se discutir com o veterinário que outras opções alternativas poderiam ser exploradas, o que não interferiu em nenhum medicamento usado pelo animal.

Você quer tentar um remédio simples e eficaz?

Você deve ter notado que muitos produtos para animais de estimação com alergias contêm aveia, pois possui propriedades anti-inflamatórias e calmantes. Portanto, recomendamos uma receita abaixo Banho de aveia e bicarbonato de sódio, que tem sido tremendamente eficaz para aqueles que tentaram isso em suas mascotitas.

Este enxaguamento de aveia também contém bicarbonato de sódio. A combinação de ambos os ingredientes ajudará a aliviar a irritação e coceira e reduzir a descamação da pele do animal devido à secura.

1 xícara de bicarbonato de sódio

2 xícaras de aveia crua (natural, sem açúcar ou sabor)

3 xícaras de água

Nota: Dependendo do tamanho do animal, você pode dividir ou dobrar os ingredientes, desde que siga a mesma fórmula de uma parte bicarbonato de sódio, duas partes de aveia e três partes de água. Se você sobrar o suficiente, Não salve. Descarte-o imediatamente!

–Deite a aveia no liquidificador ou no processador de alimentos. Quando é um pó fino, misture com bicarbonato de sódio e água. Deixe de lado.

- Banhe seu animal de estimação com água morna, puxando água fresca (água quente não é boa para irritações da pele) com o xampu recomendado pelo veterinário e enxágue-o bem algumas vezes. Não deixe tremer.

–Com o pêlo e a pele bem embebidos em água, abra os cabelos em mechas e aplique a aveia e o bicarbonato de sódio que você preparou, tomando cuidado para absorver bem as áreas mais afetadas, mas evitando os olhos.

–Deixe esse enxágue na pele por pelo menos 15 minutos.

- Após esse período, enxágüe bem com água em abundância (não quente).

- Pode ser repetido até duas vezes por semana.

Você planeja tentar algum desses remédios? Se você faz e eles trabalham para você, escreva para [email protected] ou visite-nos no Facebook Your Pets e informe-nos os resultados.

Como aliviar a coceira em caso de dermatite em cães por pulgas

A saliva da pulga causa ao nosso cão uma irritação dolorosa e irritante, porque é deixada sob a pele após a mordida. Dói tanto que você precisa coçar para tentar acalmar a coceira e acabar causando ferimentos muito piores. Essa situação piora se o cão for alérgico a eles, com dermatite aparecendo.

Se você foi ferido por causa de coceira, é melhor tentar aveia para aliviá-lo. Com um quarto de quilo de aveia fervido em pouco mais de três litros de água é suficiente. Prepare uma banheira com água limpa para ele e use este remédio como sabão nas áreas que ferem. Obviamente, deixe a mistura temperar antes de aplicá-la. Existem também shampoos específicos de aveia no mercado.

A esta mistura você pode adicionar bicabornato de sódio, pois ajudará a desinfetar a pele, limpar e hidratar. Repita esses banhos algumas vezes por semana até que sua pele volte ao normal, Se você perceber que não melhora, é hora de procurar um veterinário, se ainda não o fez. Não esqueça que todos esses remédios são paliativos, mas não soluções.

Remédios caseiros para dermatites causadas por alergias sem pulgas

Se você não tem pulgas em casa, seu peludo pode ter uma dermatite causada por uma alergia. A possibilidade é maior se você estiver em seus primeiros anos de vida ou se jogar muito no jardim. Se você o vir brincando com frequência na grama alta, pode ter alergia a uma planta que se esconde lá, também pode ser uma reação a algo que você comeu. Nesse caso, você terá que revisar o feed que você alimenta.

Seja qual for o motivo, O tomilho é um remédio natural fabuloso para que não doa tanto e que a vermelhidão e o inchaço acabem desaparecendo. Você pode comprar tomilho em qualquer loja de herbalist. Quando você tiver, faça uma infusão com ele. Deixe esfriar e limpe o seu cão com ele. É essencial que sempre que você aplicar qualquer remédio ou solução em sua pele, ele esteja perfeitamente limpo.

Com uma bola de algodão, molhe a solução de tomilho e acaricie suavemente as áreas afetadas. Repita o processo em dias sucessivos até que a dor diminua. Uma alternativa ao tomilho é a calêndula, sempre infundida e aplicada em compressas quentes, nunca quentes. O vinagre de maçã misturado com água do banho também o aliviará.

Os óleos essenciais são muito eficazes no alívio da dermatite

Além desses remédios caseiros, há outra maneira de minimizar a coceira que seu cão sente, reduzir o inchaço e as feridas. Os óleos essenciais de ervas e as lojas de cosméticos são ideais para dermatite atópica. Eles não são uma solução, mas é um ótimo remédio natural. Graças a uma grande quantidade de vitaminas do complexo B e a serem gordos, eles proporcionam ao seu cão o alívio que ele precisa.

Com esses remédios, você fará com que seu cão se sinta muito melhor, mas lembre-se de que dermatites, alergias e picadas de pulgas e carrapatos devem ser tratadas com remédios específicos que um veterinário deve prescrever. Como sempre, o melhor para esses casos é a prevenção.

Mantenha seu cão muito limpo, use uma combinação de coleiras e pipetas, caso exista risco de pulgas e carrapatos, mantenha a casa muito limpa, observe-o especialmente nos dias de verão, quando surgem alergias e cuida muito bem da comida. Uma dieta ruim, além de causar problemas gástricos, pode ser o motivo do aparecimento de alergias. Se você tiver alguma dúvida, entre em contato com nossos veterinários on-line.

Óleos essenciais para a coceira da dermatite

O prurido devido a dermatites ou alergias já diagnosticadas pode ser tratado através de alguns remédios naturais.

Óleos essenciais que possuem muitos Vitaminas B Eles são muito benéficos para a pele de nossos animais de estimação com dermatite atípica.

A limpeza também é algo muito importante, devemos usar produtos macios e xampus neutros de ph antipicores, além da escovação periódica com uma escova macia que mantém o cabelo limpo e sem sujeira, grama ou galhos.

Secar as pernas é essencial para mantê-los limpos e com umidade para secar e irritar a pele e as pernas.

Garantiremos que não arranhe muito e manteremos a pele fresca e hidratada com cremes macios, para que as irritações não sejam muito incômodas.

Esses remédios são adequados para momentos específicos ou se já conhecemos o problema de pele que nosso animal de estimação sofre. Se é o início de um surto de dermatite ou alergia já diagnosticada, podemos tentar parar e aliviar a coceira naturalmente. Se o nosso cão arranhou ou lambe a pele causando arranhões, devemos levá-lo a um profissional para identificar o problema.

Manter as patas dos animais limpas e secas é muito importante.

Pasta de açúcar e mel Manuka para assar por atrito

Se o nosso cão foi arranhado ou arranhado com um galho ou algo semelhante, devemos limpar a área com água e um sabonete neutro (o sabão deve ser sempre macio e muito mais se tiver pele sensível) e remover todos os tipos de lascas que podem ter sido pegas pelos cabelos.

Quando a ferida está cicatrizando, podemos usar pasta de açúcar como uma esfoliação para remover células mortas e seque a ferida mais rapidamente. El azГєcar es un elemento natural antisГ©ptico y ayuda a la regeneraciГіn celular y del tejido.

La pasta de azГєcar se elabora mezclando agua caliente con mayor porcentaje de azГєcar y dejamos enfriar. DespuГ©s aplicamos directamente sobre la rozadura o araГ±azo (que no sangre), vendamos la zona y dejamos que actГєe, vigilando cГіmo se va desarrollando el tratamiento cada hora aproximadamente. Es un remedio simple y suave, pero si vemos que el araГ±azo empeora limpiaremos la zona y dejaremos curar al aire.

Otra alternativa para las heridas leves es la miel pura de manuka. La miel de manuka contribuye a la eliminaciГіn de tejidos muertos y es un elemento natural muy beneficioso para regenerar la piel.

Estos remedios son Гєnicamente para ayudar a cicatrizar antes heridas leves y cerradas que no requieran de asistencia veterinaria.

Manzanilla para las legaГ±as

Las legaГ±as pueden irritar los ojos de nuestras mascotas si no las eliminamos y limpiamos bien la zona rГЎpidamente. Si estas se quedan pegadas y secas y las intentamos eliminar sin nada puede que arranquemos algunos pelos y dejemos el ojo de nuestra mascota mГЎs desprotegido. La manzanilla (al igual que cuando las personas tenemos conjuntivitis) es el mejor remedio para eliminar las legaГ±as, ya que es un antibiГіtico natural.

Nós devemos hacer una infusiГіn con un sobre de manzanilla, con las hojas trituradas o directamente con las flores y dejarlo enfriar. Cuando ya estГ© frГ­o lo pasaremos por los ojos de nuestras mascotas con un algodГіn. No utilizaremos el mismo algodГіn para limpiar ambos ojos, por si la excesiva producciГіn de legaГ±as se debiera a algГєn problema contagioso. Si vemos que la producciГіn de legaГ±as no disminuye o que incluso aumenta debemos llevar a nuestra mascota al veterinario.

La manzanilla es un antibiГіtico natural.

Aloe Vera y aceite de coco para las heridas en las almohadillas

Las heridas en las almohadillas pueden deberse a diferentes favores, desde la dermatitis a alguna herida producida por pisar alguna piedra en algГєn terreno mГЎs duro o montaГ±oso.

Lavar la zona daГ±ada con agua es imprescindible, sobre todo si se debe a una herida o rasguГ±o. Si se tratase de un problema de dermatitis lo haremos con un trapo hГєmedo para que el agua no reseque aГєn mГЎs la piel de nuestra mascota.

El aloe vera o el aceite de coco son algunos remedios naturales muy buenos para tratar la sequedad y los rasguГ±os de la piel de nuestras mascotas, no ensucian y limpian y eliminan bacterias de forma natural. De la misma forma que con los consejos anteriores, si las heridas se infectan o la sequedad e irritaciГіn aumenta debemos consultar rГЎpidamente la opiniГіn de un profesional.

Mantener las almohadillas limpias e hidratadas es esencial.

Pin
Send
Share
Send
Send